Dear Abandonia visitors: We are a small team that runs one of the largest DOS Games websites in the world. We have only 3 members of staff, but serve 450,000 users and have outgoing costs like any other top site for example: our servers, power, rent, programs, and staff. Abandonia is something special. It is a library of old games for you to download. It is like an old gaming arcade with all the old games in their original format. Abandonia is a place where you can find great old games and have fun four hours and years. To protect our independence, we are dependent of our friends using the site. We run on donations averaging around 6 USD (5 Euro). If everyone reading this gave the price of a cup of coffee, our fundraiser would be made easier. If Abandonia is useful to you, take one minute to keep it online for another year. Please help us forget fundraising and get back to Abandonia.

When Abandonia was founded it was to collect and present all old games where the copyright protection had been abandoned, hence the term ’abandonware’ and the site name Abandonia.com. We are still doing our best to keep the site open and free and will appreciate your support to help it stay that way.

‐ Thank you from the Abandonia Team

We are trying to make it easy for people in every country to donate. Please let us know how we could make it easier for you.

Please give whatever you can to help us.

Amount: Currancy:

or
Selecciona o idioma
Portuguese
password:
not a member yet? register here! forgot your password? reset here!

Download Bioforge

Bioforge
 
Produtora:
Editora:
Ano:
Palavras-chave:
Tamanho:
49673 kb
Compatibilidade:

 

Buy it






Um momento para uma lição de história. Sempre houve um jogo tão original que conseguia uma pequena revolução e iniciava uma categoria completamente nova de jogos, um jogo que era o primeiro em seu género. E tão cedo como esse tipo de jogo era lançado, podias ter a certeza de que imediatamente apareceriam vários " clones" e "imitadores". E usualmente depois teria outro jogo que faria essa categoria inclusive mais popular. Assim tiveram Wolfenstein 3D e Doom, Dune 2 e C&C, e assim teve Alone in the Dark, o jogo que iniciou esta nova categoria: acção-aventura em 3D.

Naturalmente, Alone in the Dark tinha muitos aspectos que podiam melhorar-se. Um deles (e quem sabe o mais importante já que a história e atmosfera eram grandiosas) era o movimento do personagem. Parecia mais um robô do que um homem. Assim era só uma questão de tempo antes de que algum jogo fizesse importantes melhoras neste aspecto. O primeiro foi o famoso Ecstatica, onde o desenho dos personagens estava baseado em elipsóides com movimentos muito realistas. O seguinte passo foi o mesmo efeito mas com um desenho realista. Esse seguinte passo foi Bioforge.

Tudo neste jogo parecia incrível no momento em que foi lançado: os gráficos, o estilo de jogo e, especialmente, a atmosfera. Naturalmente, quando o jogas um pouco vês que não é perfeito, mas não tinha nenhum defeito importante que pudesse diminuir a impressão em geral. Basta de tanto afago geral, vamos ponto por ponto.

Uma nave aterra num estranho planeta e dois homens em armadura carregam para dentro um homem que nem sequer pode caminhar. Também vês um rosto com um sorriso malvado que inicia algum tipo de operação. O que acontece depois, acordas numa cela sem saber onde te encontras e, pior ainda, sem saber quem és. Ainda que este estilo de início foi utilizado numerosas vezes em jogos, filmes e histórias, não falha em converter-se num interessante começo. Imediatamente descobrirás que o facto de estares acordado não significa que ainda sobreviveste.

As conversas com outros personagens são automáticas ou ocorrem nas cenas intermédias. Mas obterás a maioria da informação lendo em computadores ou lembretes de notas pessoais. Continuamente encontrarás no jogo os diários pessoais de alguém, onde encontrarás informação sobre o ocorrido desde diferentes pontos de vista e outras vezes acharás códigos importantes. Lentamente vais percebendo o que está sucedendo, ao mesmo tempo que tentas descobrir a tua identidade, o que aconteceu e talvez a maneira de escapar. Não é necessário que leias todos os textos cuidadosamente se queres evitar a monotonia. Em vez disso podes simplesmente avançar rapidamente pelas bibliotecas e diários, e depois ler a informação importante armazenada nas tuas notas pessoais. Encontrarás muito poucos amigos e muitos perigos de vários tipos. O jogo consegue manter-se como uma aventura ao mesmo tempo que te faz lidar constantemente com novos problemas. A historia é bem mais profunda do que parece num início e depois de muitíssima acção e um lento progresso na história.

O botão de combate activa/desactiva o modo de combate. Enquanto te encontras em modo de combate, podes combinar os botões de mãos e pernas com os botões numéricos direccionais para realizar uma variedade de ataques e defesas. O combate corpo a corpo está muito bem conseguido, tentarás acertar golpe depois de golpe sem dar ao teu inimigo a oportunidade de responder. Se ele conseguir, deverás realizar um bloqueio a não ser que ele seja demasiado rápido e consiga acertar golpe depois de golpe. Assim que em realidade não há combates simples. E aqui é onde o maior defeito do jogo salta à luz: algumas vezes a posição da câmara não te dará uma vista adequada do teu oponente. Isto pode se tornar irritante quando falhas um ataque simplesmente porque não podes determinar a direcção correta do teu inimigo enquanto ele se dá ao gosto de te atacar ao seu belo prazer. Quando estás em modo de combate, se não fazes nada, automaticamente orientas te em direcção do teu inimigo, mas as vezes quererás correr directamente para ele e golpea-lo imediatamente. A orientação automática é algo bom, mas mesmo assim algumas câmaras darão te dor de cabeça. Este não é um jogo simples e isto é especialmente verdadeiro para as partes de acção, porque frequentemente pode suceder que comeces uma luta muito bem, mas um só erro pode dar ao teu inimigo suficiente vantagem para te derrotar.

É interessante ver os danos no teu corpo. Quanto menos saúde tenhas, mais feridas aparecerão. Pode-se recuperar a saúde utilizando a bateria dentro de ti. Realmente tens uma bateria que fornece energia a todo o teu corpo e pode ser utilizada para recuperar a saúde. Isto é importante, já que não há muitas baterias novas para encontrar. A energia será muito importante depois, mas terás que o descobrir por ti mesmo. Somente encontrarás uns poucos tipos de armas, mas isto realmente não é um defeito. Cada pistola pode ser utilizada também como um garrote. No final parece que terás mais lutas golpeando do que disparando. Os disparos serão na maior das vezes contra robôs de vários tipos. Os laseres reflectem no vidro e em certas paredes, assim podes disparar enquanto estás coberto. As vezes essa é a única maneira de vencer a alguns dos inimigos. E outras vezes o melhor é somente ser rápido.

Esta análise poderia continuar e continuar, mas é melhor não dizer tudo. Tudo neste jogo é genial. É uma aventura cheia de acção com uma história profunda e interessante e muitos problemas e situações para resolver. Este jogo é altamente recomendável, não só para os fãs de acção e aventura, mas também para todos os amantes de todos os jogos. Certamente um dos melhores jogos do seu tipo.


Infelizmente precisas do DOSBox para o jogar em XP e precisarás de muita habilidade para o fazer correr fluídamente. O desfrute completo está reservado somente para aqueles com Windows 98 (ou anterior) ou quem sabe para uma melhor imitação. Assegura-te de que a configuração do som em DOSBox coincida com a configuração dentro do jogo (IRQ, DMA).


Cria o directório onde se encontra Bioforge como C: dento de DOSBox. Exemplo: se o teu directório de Bioforge está em " C:\Games\Bioforge", então utiliza o comando: "mount c: c:\games" (omitindo as aspas).

Utiliza BIOFORGE.EXE para executar o jogo.


Publicidade

Analisado por: marko river / Imagens por: marko river / Enviado por: marko river / Traduzido por: Luso / share on facebook
 

User Reviews

Se gostaste deste jogo, também vais gostar destes

 
género:
Simulação
tema:
perspectiva:
LeoVegas Mobil Casino


Your Ad Here