Dear Abandonia visitors: We are a small team that runs one of the largest DOS Games websites in the world. We have only 3 members of staff, but serve 450,000 users and have outgoing costs like any other top site for example: our servers, power, rent, programs, and staff. Abandonia is something special. It is a library of old games for you to download. It is like an old gaming arcade with all the old games in their original format. Abandonia is a place where you can find great old games and have fun four hours and years. To protect our independence, we are dependent of our friends using the site. We run on donations averaging around 6 USD (5 Euro). If everyone reading this gave the price of a cup of coffee, our fundraiser would be made easier. If Abandonia is useful to you, take one minute to keep it online for another year. Please help us forget fundraising and get back to Abandonia.

When Abandonia was founded it was to collect and present all old games where the copyright protection had been abandoned, hence the term ’abandonware’ and the site name Abandonia.com. We are still doing our best to keep the site open and free and will appreciate your support to help it stay that way.

‐ Thank you from the Abandonia Team

We are trying to make it easy for people in every country to donate. Please let us know how we could make it easier for you.

Please give whatever you can to help us.

Amount: Currancy:

or
Selecciona o idioma
Portuguese
password:
not a member yet? register here! forgot your password? reset here!

Download Ashes of Empire

Ashes of Empire
 
Produtora:
Editora:
Ano:
Palavras-chave:
Tamanho:
1482 kb
Compatibilidade:

 

Download




Aqui está um jogo que te põe no papel de um violento "agente que faz cumprir a lei", o qual está a tentar trazer estabilidade a países onde ocorreram mudanças fundamentais de regime. Não é segredo nenhum que o jogo foi inspirado no colapso de diferentes regimes socialistas e até por uma sangrenta guerra civil tu estarás a tentar impedir (através de assassinatos, destruição e outras acções semelhantes, de diversas instalações militares e forças).

Quando correres o ficheiro executável do jogo Ashes, irás ver uma introdução bastante impressionante, explicando a desesperada situação em que vários países se encontram. Esta introdução está graficamente muito bem feita e criar-te-á grandes expectativas (apenas para te desapontar um pouco mais tarde). O som da introdução não é muito má, mas irá a certa altura dar-te cabo da paciência, embora com um propósito. Irás ouvir algumas imitações de sirenes e uma faixa sonora não muito fácil. Mas tal como eu disse, irá dar-te cabo da paciência.

Depois disto o jogo começa. Tu irás ver um mapa com os países que estão em situação de desespero e irás começar a tua missão numa província da fronteira. Escolhes-a. As diferentes teclas de função ("F2" a "F10") irão mostrar-te várias informações diferentes e podes fazer clique sobre os ícones no fundo do mapa, para ver o terreno (mas não é nada de impressionante). Com as diferentes teclas numéricas ("1" a "9") podes receber algumas informações adicionais sobre a missão e também irás aceder a certos menus ou executar algumas acções (como saltar de pára-quedas para fora do avião). Irás mover-te com o teclado e com o rato / joystick (aquele que tu escolheres). Mas precisarás de um destes dispositivos e do teclado ("Seta para a esquerda" = mais devagar ou inverter o sentido; "Seta para a direita" = mais depressa ou para a frente).

E agora começa a missão. Recebes uma "coisa que aspira a ser algo mais que uma sucata" numa vista 3D e os controlos passam tão depressa, que muito dificilmente serás capaz de te mover! Precisas de uma combinação de teclas e do rato ou de um joystick (aquilo que tu escolheres) para te deslocares e disparares contra os inimigos. Existe um pequeno radar ao fundo, mas na realidade não contribui com grande ajuda. Os alvos serão tanto aéreos como terrestres e precisarás de os destruir para que a província fique em paz (e o relógio não pára). É realmente difícil apanhar o jeito aos controlos. Se te despenhares ou saltares de pára-quedas poderás escolher outro equipamento de destruição (como por exemplo um tanque), mas os controlos continuam a ser os mesmos. A única diferença é que apenas estarás um pouco mais vulnerável aos ataques aéreos. Existem algumas estruturas estacionárias que terás de destruir e no início precisarás de destruir mas primeiro precisas de lá chegar (o que nem sempre é fácil).

Resumindo muito simplesmente, este jogo oferece muita acção (na sua maioria ao estilo de FPS - First Person Shooter), mas os comandos são tão maus que muito dificilmente conseguirás dominá-los facilmente e isso não contribui de forma positiva para a sua boa recomendação. Se tu, no entanto, conseguires aguentar-te com ele durante algum tempo, irás achar que ele se começa a tornar "jogável" (mas ainda assim não valendo muito esforço).

Os gráficos são aceitáveis para o ano da sua criação (embora na metade do fundo da escala), os sons são médios e a jogabilidade desce a um muito baixo nível!

Este jogo não merece mais que um 2, embora a sua introdução te possa ter enganado e levado a pensar que ías experimentar um grande jogo!


Publicidade

Analisado por: Sebatianos / Imagens por: Sebatianos / Enviado por: Sebatianos / Traduzido por: Shrek / share on facebook
 

User Reviews

Se gostaste deste jogo, também vais gostar destes

 
género:
Simulação
tema:
História, Vôo,
perspectiva:
 
género:
Estratégia
tema:
Futurista, Guerra,
perspectiva:
 
género:
Simulação
tema:
Guerra, História,
perspectiva:
LeoVegas Mobil Casino


Your Ad Here