Dear Abandonia visitors: We are a small team that runs one of the largest DOS Games websites in the world. We have only 3 members of staff, but serve 450,000 users and have outgoing costs like any other top site for example: our servers, power, rent, programs, and staff. Abandonia is something special. It is a library of old games for you to download. It is like an old gaming arcade with all the old games in their original format. Abandonia is a place where you can find great old games and have fun four hours and years. To protect our independence, we are dependent of our friends using the site. We run on donations averaging around 6 USD (5 Euro). If everyone reading this gave the price of a cup of coffee, our fundraiser would be made easier. If Abandonia is useful to you, take one minute to keep it online for another year. Please help us forget fundraising and get back to Abandonia.

When Abandonia was founded it was to collect and present all old games where the copyright protection had been abandoned, hence the term ’abandonware’ and the site name Abandonia.com. We are still doing our best to keep the site open and free and will appreciate your support to help it stay that way.

‐ Thank you from the Abandonia Team

We are trying to make it easy for people in every country to donate. Please let us know how we could make it easier for you.

Please give whatever you can to help us.

Amount: Currancy:

or
Selecciona o idioma
Portuguese
password:
not a member yet? register here! forgot your password? reset here!

Download Lords of the Realm

Lords of the Realm
 
Produtora:
Editora:
Ano:
Palavras-chave:
Tamanho:
4580 kb
Compatibilidade:

 

Buy it




'Lords of the Realm' é um jogo de estratégia por turnos em que, como em muitos outros títulos, o objectivo é conquistar todos os territórios existentes e tornar-se, como o nome sugere, no "Senhor do Reino". Dito isto até parece tudo muito fácil, mas após tentar a sua sorte, qualquer jogador facilmente se deparará com uma tarefa mais árdua do que inicialmente se admitia.

A acção decorre na época medieval - começa precisamente na Primavera de 1268 DC - e cada turno do jogo, que corresponde a uma das quatro estações do ano, começa com as tarefas de tomar conta dos assuntos do(s) territórios detidos para a estação que se avizinha. Cada estação assume a sua influência primordial nos acontecimentos do que podem ocorrer em cada território, como por exemplo, a seca no Verão.

Para os que nunca o jogaram, digamos que o jogo junta dois tipos de modelo estratégico, podendo cada um destes ser colocado no seu nível de dificuldade próprio:
1º – Economia: exerce a sua influência no lado económico/social, proporcionando um ambiente menos ou mais propício à ocorrência de desastres.
2º – Militar: como o nome sugere, determinará a motivação dos adversários com que o jogador se irá cruzar.

Apesar de existirem estas duas camadas estratégicas, qualquer jogador facilmente se aperceberá de que o modelo económico é explorado com muito mais detalhe que o modelo militar, visto que definir as tarefas dos cidadãos e mantê-los felizes ao mesmo tempo que se tentam manter os níveis de produção, envolve um leque de opções muito mais vasto.

Um dos aspectos mais atractivos é a possibilidade de o jogador desenhar os seus próprios castelos. Sim, é verdade, pode-se construir o que se quiser, mas tendo em conta que quanto maiores forem, mais pedra, madeira, tempo e mão-de-obra será necessária para a sua concretização.

Outra inovação é a existência de três tipos de comida. Dependendo do tipo de comida que está a ser produzida na vista de mapa serão apresentados pequenas searas ondulando com o vento ou gado - bovino ou ovino - ruminando nos campos.

Quanto às batalhas, existem duas maneiras de lidar com elas: ou se deixa o computador tomar conta delas, ou se entra directamente no campo. No último caso, o jogador encontrar-se-á numa batalha em tempo real, querendo isso dizer que essa não será a melhor altura para se adormecer pois mesmo um exército grande pode facilmente ser derrotado por um outro bem mais pequeno com o uso de uma estratégia adequada. O controlo manual das batalhas permite obter resultados mais favoráveis, resultando normalmente num menor numero de soldados perdidos - caso se ganhe a batalha - ou num maior numero de inimigos abatidos - em caso de derrota. Isto será uma forma de fazer o jogador pagar um preço por deixar o computador decidir a batalha.

Existe ainda a possibilidade de lançar um cerco a um castelo; quando isso acontece, surge um novo leque de opções, visto que tanto se pode assumir uma posição passiva e apenas bloquear ou ser-se agressivo e construir catapultas, escadas e outros equipamentos para se tentar a sua conquista.

Os controlos do jogo são simples, visto que tudo passa pelo uso do rato para se movimentar um ponteiro e fazer clique nos ícones. Os gráficos são originais com bastantes detalhes e animações. No que respeita ao som, mesmo não sendo a "jóia do jogo", cumpre a sua função.

O jogo começa sempre com 6 jogadores e como qualquer jogo de estratégia por turnos decente, pode ser jogado no modo multi-jogador. Cada jogador começará com um território e o objectivo será conquistar todos os outros territórios.

Quanto ao modo multi-jogador, infelizmente só existem duas maneiras de o fazer: ou por modem através de ligação telefónica, ou juntando os jogadores em frente a um computador e estes irem trocando de lugar à medida que chega a sua vez. Uma espécie de "roda bota fora", não muito comum neste tipo de jogos. Nenhuma destas opções de multi-jogador parece ser adequada a um jogo desta magnitude, sobretudo porque a duração de cada turno crescerá à medida que os "impérios" forem crescendo. Felizmente existe a possibilidade de gravar o jogo e continuá-lo posteriormente.

Embora o modelo económico esteja muito bem explorado, quando se joga até ao ponto em que se controla cerca de metade dos territórios, facilmente se dá conta de que as tarefas de gestão dos territórios se torna muito repetitiva e o jogo pode tornar-se numa experiência muito aborrecida para os mais apressados; Este é o único maior contra encontrado, e a razão porque este jogo não leva a pontuação máxima da nossa votação. Mesmo assim se forem fans de jogos que misturam estratégia com gestão/simulação, este é um jogo que merece ser experimentado.


Publicidade

Analisado por: Shrek / Imagens por: Shrek / Enviado por: Shrek / Traduzido por: Shrek / share on facebook
 

User Reviews

Se gostaste deste jogo, também vais gostar destes

 
género:
Estratégia
tema:
História, Medieval,
perspectiva:
Isométrico,
 
género:
Acção
tema:
História, Medieval,
perspectiva:
 
género:
Simulação
tema:
perspectiva:
LeoVegas Mobil Casino


Your Ad Here