Dear Abandonia visitors: We are a small team that runs one of the largest DOS Games websites in the world. We have only 3 members of staff, but serve 450,000 users and have outgoing costs like any other top site for example: our servers, power, rent, programs, and staff. Abandonia is something special. It is a library of old games for you to download. It is like an old gaming arcade with all the old games in their original format. Abandonia is a place where you can find great old games and have fun four hours and years. To protect our independence, we are dependent of our friends using the site. We run on donations averaging around 6 USD (5 Euro). If everyone reading this gave the price of a cup of coffee, our fundraiser would be made easier. If Abandonia is useful to you, take one minute to keep it online for another year. Please help us forget fundraising and get back to Abandonia.

When Abandonia was founded it was to collect and present all old games where the copyright protection had been abandoned, hence the term ’abandonware’ and the site name Abandonia.com. We are still doing our best to keep the site open and free and will appreciate your support to help it stay that way.

‐ Thank you from the Abandonia Team

We are trying to make it easy for people in every country to donate. Please let us know how we could make it easier for you.

Please give whatever you can to help us.

Amount: Currancy:

or
select language!
Spanish
password:
not a member yet? register here! forgot your password? reset here!

Download Space Hulk

Space Hulk
 
Producer:
Publisher:
Year:
Keywords:
Size:
4044 kb
Compability:

 

Download




Quando eu ouvi falar deste jogo pela primeira vez fiquei espantado: lidera-se um grupo de "fuzileiros" numa perspectiva na primeira pessoa. Luta-se pelo caminho contra um batalhão de extra-terrestres. Melhor que Hired Guns! Tem-se uma janela maior para o personagem que se está a comandar e janelas mais pequenas onde se vêem os outros companheiros de equipa. Poderia ser melhor?

Bem, não era realmente aquilo que eu esperava, mas o jogo mesmo assim é inigualável. É um jogo de estratégia que requer um planeamento muito cuidadoso em detrimento de um "first-person shooting" (jogo de tiros-na-primeira pessoa). Nada de estranho desde que Doom apareceu e o mercado dos jogos logo ficou repleto dos seus clones. Portanto em Space Hulk não se pode andar por ali livremente. Cada nível está dividido em quadrados e na verdade é um jogo de tabuleiro bem desenhado com muita acção e adrenalina.

Acho que a parte da minha vida dedicada aos jogos foi influenciada pelas velhas máquinas e jogos, portanto cada vez que eu ouço a palavra "Space" eu penso num jogo de "tiros" com uma história do género: Os extra-terrestres estão a atacar a Terra e tu sozinho podes salvá-la. Apenas tu e mais ninguém. Space Hulk tem lugar no futuro, quando a Terra está sob controlo de um Imperador e os "Terminators" estão na verdade à procura de ameaças extra-terrestres para as destruírem antes que elas se tornem demasiado perigosas. E eles encontraram os Genestealers, monstros que se parecem com os bem conhecidos "extra-terrestres". Eles não disparam mas são muito rápidos, feios e extremamente letais quando se aproximam o suficiente. E como é claro, tu estarás sempre em desvantagem numérica, mas numa desvantagem muito bastante grande.

No inicio podes escolher a opção "training, as missões especiais Space Hulk ou a campanha "Deathwing". No modo campanha poderás escolher os teus "Terminators" de tempos a tempos e todos eles terão experiência. O teu grupo consiste num máximo de cinco homens. Em algumas missões terás duas esquadras à tua disposição. Antes de cada missão, adivinha o que acontece, um "briefing" (resumo da missão). Um tipo com um olhar esgazeado irá dizer-te tudo o que sabe e irá encorajar-te pelo "amor à Mãe Terra" e ao teu poderoso Imperador. Em jogos como este, lembra-te sempre que a única coisa que está entre o perigo e a morte certa - é tu!

Nas batalhas existem janelas de vista do "Terminator" e janelas de planeamento. Numa janela de vista verás o monitor primário (muito fácil de localizar, é o maior de todos), que te dá a vista do "Treminator" que estiveres a controlar nessa altura. No canto superior esquerdo está o número de "Terminators". Nas outras quatro janelas mais pequenas poderás ver outros "Terminators" e os respectivos números. Fazendo clique com o botão direito do rato nestas janelas fará com que passes a controlar esse "Terminator", ou poderás usar as teclas desde o "F1" ao "F10" (depende do numero do "Terminator"). Fazer clique com o botão esquerdo do rato sobre uma das janelas pequenas irá fazer com que o "Terminator" correspondente dispare a sua arma, mas apenas para a frente. Na janela principal pode-se apontar com o ponteiro, que se tornará numa cruz quando se puder disparar. Os movimentos são feitos com as teclas de cursor (teclas das setas) ou com o rato. Se deslocares o ponteiro para as extremidades da janela principal, o ponteiro irá tornar-se uma "seta" que te mostrará em que direcção te irás mover se fizeres clique com o botão esquerdo do rato. À esquerda há um pequeno mapa. Fazendo clique com a tecla direita do rato irá levar-te à janela de planeamento.

Irás perder muito tempo na janela de planeamento. Existe um mapa do nível completo que será bastante útil. Poderás dar ordens aos outros "Terminators", criando assim um plano de ataque. A coisa mais importante em Space Hulk é o botão de "FREEZE". Enquanto estiver activado o tempo pára (apenas no ecrã, como é lógico) e poderás assim "respirar fundo e pensar no que fazer a seguir. O "FREEZE" não é a mesma coisa que o "Pause" (e esse está na tecla "P"). Terás uma certa quantidade de tempo "FREEZE" que irá diminuir enquanto estiveres com ele activado e irá aumentar quando estiveres no modo de tempo real, portanto precisarás de ser rápido. Outra coisa importantes Sobre os "Terminators": existe um modo de "Overwatch" que pode ser activado ou desactivado (por defeito estará activado). Neste modo, os "Terminators serão mais cuidadosos, movem-se mais devagar e se pressentirem perigo por perto irão parar e esperar que o monstro apareça. Eles imediatamente irão reagir a qualquer mudança que esteja dentro do seu campo de visão, Eles até podem tentar destruir uma porta fechada.

Na janela de planeamento, o botão do lado esquerdo e em cima é o do modo de "Overwatch" (fazendo-se clique com o botão direito do rato irá mostrar alguns pontos à volta da figura do terminator). Os números do 1 ao 5 são para os "Terminators que se podem controlar sem se olhar para eles no mapa. As letras perto dos números são para as armas que eles carregam. Algumas armas podem ser essenciais para algumas missões, portanto há que proteger os seus portadores custe o que custar. E para os outros botões, irás descobri-los por ti mesmo.

Space Hulk é difícil, especialmente no inicio. Batalhões de extra-terrestres contra homens duros. Na verdade poderás isolar os locais de onde eles chegam e controlá-los durante algum tempo, enquanto alguém cumpre os objectivos da missão. Não deixes os teus personagem no mesmo local por muito tempo. Os Genestealers são muito espertos. Eles vagueiam, atacam alvos isolados (eu já te mencionei que é importante "cobrir" os teus homens) e se eles pressentirem que os teus personagens não se movem, irão a correr às centenas até que não te possas escapar. As tuas armas até pode ficar encravadas de vez em quando. Também são muito mais rápidas que os teus homens. A função "Overwatch" é muito útil, mas não esperes demasiado.

No final, este jogo provavelmente merece a melhor nota, especialmente quando recordarmos de que época ele é. Ainda assim, Há umas opções (tais como o movimento do par de homens que se deslocam costas com costas, e que eu pelo menos não encontrei) que deveria existir para tornar a tua estratégia melhor enquanto deixas "pilhas" de "o-que-era-um-extraterrestre. O perigo espreita mesmo de todos os lados. Por outro lado, teres de enfrentar sozinho um exército maior pode fazer-te subir a adrenalina. Quem quer que tenha gostado de Alien 2 (e estou a referir-me ao filme) esteve certamente à espera de um jogo como este.

E agora algo que certamente deves ter querido ler desde o inicio: a parte técnica. Os gráficos VGA (que mais poderia ser) são bons, mas os sons são acima da média (para a altura do seu lançamento, pelo menos). Ouvirás a voz do teu comandante durante o resumo da missão ("briefing") bem como os gritos e comentários dos outros "Terminators". Os gritos dos monstros nem devem ser discutidos. Tudo o resto é feito para criar alguma atmosfera. Os monstros poderão ver-te à distância e irão a correr para ti, portanto apenas o ouvirás gritar no escuro antes de o puderes ver. Será isto suficiente para ti?

O jogo não funciona no Windows XP, mas consegui jogá-lo no DOSBox com bastante "suavidade". Aqueles que tiverem um computador mais antigo, com um sistema antigo, não deverão ter problemas. Aconselho-te a experimentá-lo, se fores daqueles que são fãs de jogos de acção ou se os teus familiares e amigos não te dão o devido valor e quiseres provar-lhes de que massa és feito ao salvares o mundo de uma missão impossível. Mais uma vez, se és fã do Alien 2 não poderás cometer erros quanto a este. VIDA LONGA À "MÃE TERRA"!!!


Your Ad Here
advertisment

Reviewed by: marko river / Screenshots by: marko river / Uploaded by: The Fifth Horseman / Translated by: Shrek / share on facebook
 

User Reviews

If you like this game, you will also like

 
genre:
Estrategia
theme:
perspective:
 
genre:
Estrategia
theme:
Bélico, Ciencia ficción, Futurista,
perspective:
 
genre:
Tablero
theme:
perspective:
 
genre:
Simulación
theme:
perspective: