Dear Abandonia visitors: We are a small team that runs one of the largest DOS Games websites in the world. We have only 3 members of staff, but serve 450,000 users and have outgoing costs like any other top site for example: our servers, power, rent, programs, and staff. Abandonia is something special. It is a library of old games for you to download. It is like an old gaming arcade with all the old games in their original format. Abandonia is a place where you can find great old games and have fun four hours and years. To protect our independence, we are dependent of our friends using the site. We run on donations averaging around 6 USD (5 Euro). If everyone reading this gave the price of a cup of coffee, our fundraiser would be made easier. If Abandonia is useful to you, take one minute to keep it online for another year. Please help us forget fundraising and get back to Abandonia.

When Abandonia was founded it was to collect and present all old games where the copyright protection had been abandoned, hence the term ’abandonware’ and the site name Abandonia.com. We are still doing our best to keep the site open and free and will appreciate your support to help it stay that way.

‐ Thank you from the Abandonia Team

We are trying to make it easy for people in every country to donate. Please let us know how we could make it easier for you.

Please give whatever you can to help us.

Amount: Currancy:

or
select language!
English
password:
not a member yet? register here! forgot your password? reset here!

Download Command & Conquer

Command & Conquer
 
Producer:
Publisher:
Year:
Keywords:
Size:
17228 kb
Compability:

 

Download




Antes uma historia. Quando ID fez Wolfenstein 3D, fizeram algo de novo e revolucionário. Mas depois de Doom (jogo na primeira pessoa) começaram a dizer jogos tipo Doom. Quando Westwood fez o primeiro jogo de estratégia em tempo real Dune, era uma mistura de aventura e estratégia e em “tempo real” mas essa expressão não foi popular. Bastante conhecido nos nossos dias mas nunca tinha aparecido nada popular para se fazerem clones de Dune. Nada antes de Command & Conquer (comanda e conquista).

C&C foi o primeiro jogo da série que ficou mais popular. Certamente já ouviste falar de Generals, Red Alert ou Tiberian Sun. Bem este foi onde tudo começou. Ele é em muitas maneiras parecido com Dune 2. Tu fazes uma “colheita” (“harvest”) para poderes ganhar dinheiro, que te permite construir edifícios e construir unidades. Era assim quando se começava o Dune 2. Isto era mais ou menos o princípio em todos os jogos de estratégia em tempo real: construir edifícios para expandir a base e exército, ganhando várias fontes de mantimentos. Por norma neste tipo de jogos o vencedor era quem ganhasse mais dinheiro. Também os preços das estruturas e unidades básicas são parecidos com Dune 2 (casernas é 300, tropa 100…). Os programadores deixaram que C&C fosse um clone. Mas ao menos tiveram cuidado com a história.

Comparando os poucos jogos deste género que vieram antes de C&C, bem C&C é superior em todos os sentidos. Melhores gráficos, excelente som, mais unidades, filmes entre níveis que fazem a historia ficar mais interessante (C&C original vinham em 2 CD’s que eram na maior parte cheios com animações; no futuro isto tornou se uma pratica habitual por parte da Westwood). Mas o maior e mais importante inovação é a possibilidade de seleccionar e mover as unidades que desejares. Em jogos anteriores se quisesses enviar 10 unidades para um ataque, tinhas que dar essa ordem a cada unidade. Mesmo em Warcraft 2, o único jogo de estratégia em tempo real que podia competir com C&C, podias seleccionar no máximo 9 unidades. Agora, os ataques são mais fáceis de ordenar e podes fazer ataques mais complexos. A ideia de jogos deste género foi sempre mostrar ao jogador uma imagem realística de diferentes tarefas, e fazer isto foi um grande passo em frente.

Tiberium é uma planta estranha (é o que tens de colher para ganhar dinheiro). Alguns cientistas descobriram que consiste em varias substâncias, e algumas delas podem causar serias deformações no corpo humano. Outras substâncias são extremamente úteis. Um homem chamado Kane, formou um grupo “Brotherhood of NOD”, e começou a recolher Tiberium. Rapidamente, NOD começou a usa-la nos seus diabólicos planos. Eles ganharam toneladas de dinheiro e compraram toneladas de armas, e tornaram se num pequeno exercito em vez de um pequeno grupo secreto. A sua força cresceu rapidamente em Africa – continente sem um grande exército para os parar e rapidamente Kane pôs a sua atenção na Europa. Todo o mundo começou a reparar nele e decidiu se que ele tinha que ser parado. Países ricos do ocidente formaram Global Defense Initiative, ou simplesmente GDI com uma simples missão: para e destruir Brotherhood of NOD. A guerra começou.

Mais ou menos, essa é a historia. No início escolhes o lado que queres liderar. Naturalmente GDI é mais forte pois consiste em diferentes exércitos, assim eles produzem armas e tem várias ajudas durante a guerra, como ataques aéreos e algo como um canhão de iões (um disparo laser de um satélite). Por outro lado, NOD tem que comprar as armas e construir defesas quando enfrentam forças mais fortes do GDI enquanto aumentam a sua força para uma guerra aberta. Penso que isto te dá uma ideia – forças GDI ataquem já antes que Kane consiga ficar demasiado forte. NOD espalha o terror nos civis (por exemplo: na primeira missão o objectivo é eliminar o líder de uma aldeia, já que ele anda a causar problemas). Quando GDI chega, em certos níveis vais ter um começo difícil, o melhor é conquistar as pequenas e pouco desenvolvidas bases do GDI para os teus próprios objectivos. Portanto as facções GDI e NOD representam aquilo que devem ser, e para mim esta parte do jogo ficou realmente muito bem.

Na campanha do GDI lutas na Europa, e na campanha do NOD em Africa. Todos os níveis tem lugar num determinado país, antes do nível começar recebes informação sobre o país escolhido (totalmente irrelevante, mas deixa boa impressão já que estas em guerra). Quando disse escolhido, é que de tempos a tempos vais poder escolher diferentes níveis. Isso não quer dizer que saltes alguns níveis, quer dizer que pode haver vários mapas para alguns níveis (quem já jogou Dune 2 esta familiarizado com isso). Bem, por vezes tens diferentes missões, por isso pode ser interessante jogar varias vezes C&C. Em ambos os lados existem 14-15 níveis. Sim o número de níveis pode mudar dependendo de certas missões, mas precisas de explorar bem o jogo para os encontrares todos. Penso que será sensato gravares os jogos com diferentes nomes antes de terminares os níveis caso queiras jogar todos os mapas disponíveis. Existe 3 diferentes mapas para o ultimo nível, tanto para NOD como para GDI, mas no último nível os objectivos são sempre os mesmos.

Quando vi C&C comecei seriamente a pensar em comprar um PC. Os tropas fazem exercícios quando não tem ordens, pequenas explosões e gritos de guerra. Civis com casas e igrejas. Efeitos de fogo quando uma arvore esta a arder ou quando petróleo esta a arder numa refinaria civil. Os programadores também fizeram um esforço especial para fazer o Tiberium, a planta que é a base de todo o jogo. É como erva de cristal e cresce espalhando as suas raízes e com sementes de certas arvores de flor. Se uma unidade humana mover sobre o Tiberum, ela vai perder energia, mas os veículos podem passar os campos de Tiberum sem problemas. Tiberum espalha se, então talvez queiras deixar querer para ganhar mais (sim, esta perigosa planta dá dinheiro). Harvesters (veiculo que colhe Tiberum) fazem a colheita até ficarem cheios da preciosa substância, mas as pequenas e novas plantas de Tiberum não tem cristal e precisas de mais substância para ter dinheiro. Bastante irritantes, os Harvesters estão sempre a colher plantas pequenas impedindo que o Tiberum cresça. Assim sendo deves prestar atenção aos teus Harvesters.

Isto é a pior parte do jogo. A IA (inteligência artificial) é simplesmente muito pobre. Por causa disso é que os Harvesters podem ser bastante irritantes, e porque certamente conseguiras “ler” a estratégia do adversário e concentrar a tua defesa em cada nível, e assim podes atacar a sua base combatendo o inimigo, enquanto vários soldados inimigos simplesmente ficam parados a poucos centímetros de distancia (a distancia no monitor é pequena) simplesmente destrói as suas armas. O computador também não é capaz de executar ataques muito complexos, mas mesmo assim tem alguns truques. Bem, isto não torna o jogo muito fácil. De facto, não é difícil, mas só depois de estabeleceres uma forte base. Então, provavelmente terás o inimigo na tua mão, bem, se tiveres recursos suficientes. Mesmo assim não tomes isso como garantido, pois o computador atacou-me fortemente algumas vezes mesmo quando tinha uma forte defesa. Fica a saber que não constróis a tua base em todos os níveis. Neste ponto os programadores tiveram sucesso, mantendo-te atento há historia. Deste modo os níveis são muito mais interessantes.

Quanto a capturar estruturas inimigas, bem, não sei se isto é bom ou mau. Usas engenheiros para isso. Ao contrário de outros jogos de estratégia de Westwood, aqui simplesmente precisas de um simples engenheiro para capturar qualquer edifício que queiras. Naturalmente eles morrem facilmente, mas +e horrível quando um veículo com alguns engenheiros chega a tua base e captura alguns dos teus edifícios (não é um ataque normal do computador). Por outro lado, é muito divertido e eficiente quando fazes os mesmo ao teu adversário. Agora devo te dizer que o “Constrution yard” é o edifício mais importante em qualquer base. Permite te construir outros edifícios, então se for destruído e não tiveres mais edifícios para combater, serás derrotado. Isto é igual para o teu adversário. Podes produzir um MCV (um veiculo que se transforma a si mesmo num novo “Constrution yard”, mas é muito caro (5000) e só pode ser produzido se a tua tecnologia for alta). Agora mais sobre o nível de tecnologia.

O nível de tecnologia aumenta consoante o teu progresso no jogo. Isto mantêm te a ti e ao teu inimigo a um certo nível de tecnologia, isto quer dizer que podes produzir todos os edifícios e unidades que existem, a menos que o nível de tecnologia necessário seja mais alto. Acho que todos os que já jogaram jogos em tempo-real estejam familiarizados com isto. Isto quer dizer que produzes unidades fracas no início, e fortes no fim. O mesmo se aplica ao teu inimigo. Porque é que isto +e importante quando de certeza já sabes isto? Para multi-jogador, claro. Como todos os jogos de estratégia é mais divertido jogar contra outro jogador humano. Em modo multi-jogador o nível de tecnologia esta no máximo. Isto quer dizer que podes produzir unidades de comando, dispara mísseis nucleares com NOD. Penso que a Westwood fez um bom trabalho ao dar te a hipótese de escolher o nível de tecnologia. Bem isso é só a minha opinião já que nenhuns dos meus amigos baixaram esse nível. Se capturares um Construction Yard ou um edifício de produção de unidades, poderás produzir edifícios ou unidades inimigas. Numa palavra: Genial!

É tudo sobre o jogo. Gráficos pequenos e coloridos (VGA), bom som, muitas coisas que podem ser divertidas e um jogo não muito difícil. Bem, foi muito difícil para mim quando joguei com o meu melhor amigo. Ninguém jogava jogos em tempo real na altura. Embora os objectivos possam variar consoante os níveis, quem se considerar um jogador experiente neste tipo de jogo mais cedo ou mais tarde vai conseguir terminar este jogo. Mais, quem já tenha jogado outras sequelas estão habituados a ter muitas estruturas e unidades. Bem, C&C tem unidades suficientes mas Red Alert e Generalrs tem muitas mais, acho que devia mencionar isso.

Para finalizar, este jogo é uma lenda como eu já disse começou uma boa série. Para mim continua a ser muito divertido, portanto o meu conselho é definitivamente, experimenta. Muito mau é não ter filmes porque realmente eles são bons. Duvido que quem já jogou C&C possa esquecer Kane, o vilão com um sorriso suave.

C&C foi o primeiro jogo da série que ficou mais popular. Certamente já ouviste falar de Generals, Red Alert ou Tiberian Sun. Bem este foi onde tudo começou. Ele é em muitas maneiras parecido com Dune 2. Tu fazes uma “colheita” (“harvest”) para poderes ganhar dinheiro, que te permite construir edifícios e construir unidades. Era assim quando se começava o Dune 2. Isto era mais ou menos o princípio em todos os jogos de estratégia em tempo real: construir edifícios para expandir a base e exército, ganhando várias fontes de mantimentos. Por norma neste tipo de jogos o vencedor era quem ganhasse mais dinheiro. Também os preços das estruturas e unidades básicas são parecidos com Dune 2 (casernas é 300, tropa 100…). Os programadores deixaram que C&C fosse um clone. Mas ao menos tiveram cuidado com a história.

Comparando os poucos jogos deste género que vieram antes de C&C, bem C&C é superior em todos os sentidos. Melhores gráficos, excelente som, mais unidades, filmes entre níveis que fazem a historia ficar mais interessante (C&C original vinham em 2 CD’s que eram na maior parte cheios com animações; no futuro isto tornou se uma pratica habitual por parte da Westwood). Mas o maior e mais importante inovação é a possibilidade de seleccionar e mover as unidades que desejares. Em jogos anteriores se quisesses enviar 10 unidades para um ataque, tinhas que dar essa ordem a cada unidade. Mesmo em Warcraft 2, o único jogo de estratégia em tempo real que podia competir com C&C, podias seleccionar no máximo 9 unidades. Agora, os ataques são mais fáceis de ordenar e podes fazer ataques mais complexos. A ideia de jogos deste género foi sempre mostrar ao jogador uma imagem realística de diferentes tarefas, e fazer isto foi um grande passo em frente.

Tiberium é uma planta estranha (é o que tens de colher para ganhar dinheiro). Alguns cientistas descobriram que consiste em varias substâncias, e algumas delas podem causar serias deformações no corpo humano. Outras substâncias são extremamente úteis. Um homem chamado Kane, formou um grupo “Brotherhood of NOD”, e começou a recolher Tiberium. Rapidamente, NOD começou a usa-la nos seus diabólicos planos. Eles ganharam toneladas de dinheiro e compraram toneladas de armas, e tornaram se num pequeno exercito em vez de um pequeno grupo secreto. A sua força cresceu rapidamente em Africa – continente sem um grande exército para os parar e rapidamente Kane pôs a sua atenção na Europa. Todo o mundo começou a reparar nele e decidiu se que ele tinha que ser parado. Países ricos do ocidente formaram Global Defense Initiative, ou simplesmente GDI com uma simples missão: para e destruir Brotherhood of NOD. A guerra começou.

Mais ou menos, essa é a historia. No início escolhes o lado que queres liderar. Naturalmente GDI é mais forte pois consiste em diferentes exércitos, assim eles produzem armas e tem várias ajudas durante a guerra, como ataques aéreos e algo como um canhão de iões (um disparo laser de um satélite). Por outro lado, NOD tem que comprar as armas e construir defesas quando enfrentam forças mais fortes do GDI enquanto aumentam a sua força para uma guerra aberta. Penso que isto te dá uma ideia – forças GDI ataquem já antes que Kane consiga ficar demasiado forte. NOD espalha o terror nos civis (por exemplo: na primeira missão o objectivo é eliminar o líder de uma aldeia, já que ele anda a causar problemas). Quando GDI chega, em certos níveis vais ter um começo difícil, o melhor é conquistar as pequenas e pouco desenvolvidas bases do GDI para os teus próprios objectivos. Portanto as facções GDI e NOD representam aquilo que devem ser, e para mim esta parte do jogo ficou realmente muito bem.

Na campanha do GDI lutas na Europa, e na campanha do NOD em Africa. Todos os níveis tem lugar num determinado país, antes do nível começar recebes informação sobre o país escolhido (totalmente irrelevante, mas deixa boa impressão já que estas em guerra). Quando disse escolhido, é que de tempos a tempos vais poder escolher diferentes níveis. Isso não quer dizer que saltes alguns níveis, quer dizer que pode haver vários mapas para alguns níveis (quem já jogou Dune 2 esta familiarizado com isso). Bem, por vezes tens diferentes missões, por isso pode ser interessante jogar varias vezes C&C. Em ambos os lados existem 14-15 níveis. Sim o número de níveis pode mudar dependendo de certas missões, mas precisas de explorar bem o jogo para os encontrares todos. Penso que será sensato gravares os jogos com diferentes nomes antes de terminares os níveis caso queiras jogar todos os mapas disponíveis. Existe 3 diferentes mapas para o ultimo nível, tanto para NOD como para GDI, mas no último nível os objectivos são sempre os mesmos.

Quando vi C&C comecei seriamente a pensar em comprar um PC. Os tropas fazem exercícios quando não tem ordens, pequenas explosões e gritos de guerra. Civis com casas e igrejas. Efeitos de fogo quando uma arvore esta a arder ou quando petróleo esta a arder numa refinaria civil. Os programadores também fizeram um esforço especial para fazer o Tiberium, a planta que é a base de todo o jogo. É como erva de cristal e cresce espalhando as suas raízes e com sementes de certas arvores de flor. Se uma unidade humana mover sobre o Tiberum, ela vai perder energia, mas os veículos podem passar os campos de Tiberum sem problemas. Tiberum espalha se, então talvez queiras deixar querer para ganhar mais (sim, esta perigosa planta dá dinheiro). Harvesters (veiculo que colhe Tiberum) fazem a colheita até ficarem cheios da preciosa substância, mas as pequenas e novas plantas de Tiberum não tem cristal e precisas de mais substância para ter dinheiro. Bastante irritantes, os Harvesters estão sempre a colher plantas pequenas impedindo que o Tiberum cresça. Assim sendo deves prestar atenção aos teus Harvesters.

Isto é a pior parte do jogo. A IA (inteligência artificial) é simplesmente muito pobre. Por causa disso é que os Harvesters podem ser bastante irritantes, e porque certamente conseguiras “ler” a estratégia do adversário e concentrar a tua defesa em cada nível, e assim podes atacar a sua base combatendo o inimigo, enquanto vários soldados inimigos simplesmente ficam parados a poucos centímetros de distancia (a distancia no monitor é pequena) simplesmente destrói as suas armas. O computador também não é capaz de executar ataques muito complexos, mas mesmo assim tem alguns truques. Bem, isto não torna o jogo muito fácil. De facto, não é difícil, mas só depois de estabeleceres uma forte base. Então, provavelmente terás o inimigo na tua mão, bem, se tiveres recursos suficientes. Mesmo assim não tomes isso como garantido, pois o computador atacou-me fortemente algumas vezes mesmo quando tinha uma forte defesa. Fica a saber que não constróis a tua base em todos os níveis. Neste ponto os programadores tiveram sucesso, mantendo-te atento há historia. Deste modo os níveis são muito mais interessantes.
Quanto a capturar estruturas inimigas, bem, não sei se isto é bom ou mau. Usas engenheiros para isso. Ao contrário de outros jogos de estratégia de Westwood, aqui simplesmente precisas de um simples engenheiro para capturar qualquer edifício que queiras. Naturalmente eles morrem facilmente, mas +e horrível quando um veículo com alguns engenheiros chega a tua base e captura alguns dos teus edifícios (não é um ataque normal do computador). Por outro lado, é muito divertido e eficiente quando fazes os mesmo ao teu adversário. Agora devo te dizer que o “Constrution yard” é o edifício mais importante em qualquer base. Permite te construir outros edifícios, então se for destruído e não tiveres mais edifícios para combater, serás derrotado. Isto é igual para o teu adversário. Podes produzir um MCV (um veiculo que se transforma a si mesmo num novo “Constrution yard”, mas é muito caro (5000) e só pode ser produzido se a tua tecnologia for alta). Agora mais sobre o nível de tecnologia.

P nível de tecnologia aumenta consoante o teu progresso no jogo. Isto mantêm te a ti e ao teu inimigo a um certo nível de tecnologia, isto quer dizer que podes produzir todos os edifícios e unidades que existem, a menos que o nível de tecnologia necessário seja mais alto. Acho que todos os que já jogaram jogos em tempo-real estejam familiarizados com isto. Isto quer dizer que produzes unidades fracas no início, e fortes no fim. O mesmo se aplica ao teu inimigo. Porque é que isto +e importante quando de certeza já sabes isto? Para multi-jogador, claro. Como todos os jogos de estratégia é mais divertido jogar contra outro jogador humano. Em modo multi-jogador o nível de tecnologia esta no máximo. Isto quer dizer que podes produzir unidades de comando, dispara mísseis nucleares com NOD. Penso que a Westwood fez um bom trabalho ao dar te a hipótese de escolher o nível de tecnologia. Bem isso é só a minha opinião já que nenhuns dos meus amigos baixaram esse nível. Se capturares um Construction Yard ou um edifício de produção de unidades, poderás produzir edifícios ou unidades inimigas. Numa palavra: Genial!

É tudo sobre o jogo. Gráficos pequenos e coloridos (VGA), bom som, muitas coisas que podem ser divertidas e um jogo não muito difícil. Bem, foi muito difícil para mim quando joguei com o meu melhor amigo. Ninguém jogava jogos em tempo real na altura. Embora os objectivos possam variar consoante os níveis, quem se considerar um jogador experiente neste tipo de jogo mais cedo ou mais tarde vai conseguir terminar este jogo. Mais, quem já tenha jogado outras sequelas estão habituados a ter muitas estruturas e unidades. Bem, C&C tem unidades suficientes mas Red Alert e Generalrs tem muitas mais, acho que devia mencionar isso.

Para finalizar, este jogo é uma lenda como eu já disse começou uma boa série. Para mim continua a ser muito divertido, portanto o meu conselho é definitivamente, experimenta. Muito mau é não ter filmes porque realmente eles são bons. Duvido que quem já jogou C&C possa esquecer Kane, o vilão com um sorriso suave.


Your Ad Here
advertisment

Reviewed by: marko river / Screenshots by: marko river / Uploaded by: Nyerguds / Translated by: Luso / share on facebook
 

User Reviews

If you like this game, you will also like

 
genre:
Strategy
theme:
Fantasy, Managerial,
perspective:
 
genre:
Strategy
theme:
Fantasy,
perspective:
Top Down,
 
genre:
Strategy
theme:
History, Warfare,
perspective:
 
genre:
Strategy
theme:
Futuristic, Sci-Fi,
perspective:
 
genre:
Strategy
theme:
Sci-Fi,
perspective:
Top Down,
 
genre:
Adventure
theme:
Futuristic, Sci-Fi,
perspective:
 
genre:
Strategy
theme:
History, Warfare,
perspective:
 
genre:
Action
theme:
Fantasy, Medieval,
perspective:
 
genre:
Strategy
theme:
Futuristic, Sci-Fi,
perspective:
 
genre:
Strategy
theme:
Futuristic, Post-Apocalyptic,
perspective: