Dear Abandonia visitors: We are a small team that runs one of the largest DOS Games websites in the world. We have only 3 members of staff, but serve 450,000 users and have outgoing costs like any other top site for example: our servers, power, rent, programs, and staff. Abandonia is something special. It is a library of old games for you to download. It is like an old gaming arcade with all the old games in their original format. Abandonia is a place where you can find great old games and have fun four hours and years. To protect our independence, we are dependent of our friends using the site. We run on donations averaging around 6 USD (5 Euro). If everyone reading this gave the price of a cup of coffee, our fundraiser would be made easier. If Abandonia is useful to you, take one minute to keep it online for another year. Please help us forget fundraising and get back to Abandonia.

When Abandonia was founded it was to collect and present all old games where the copyright protection had been abandoned, hence the term ’abandonware’ and the site name Abandonia.com. We are still doing our best to keep the site open and free and will appreciate your support to help it stay that way.

‐ Thank you from the Abandonia Team

We are trying to make it easy for people in every country to donate. Please let us know how we could make it easier for you.

Please give whatever you can to help us.

Amount: Currancy:

or
Selecciona o idioma
Portuguese
password:
not a member yet? register here! forgot your password? reset here!

Download Al Qadim - The Genies Curse

Al Qadim - The Genies Curse
 
Produtora:
Editora:
Ano:
Palavras-chave:
Tamanho:
6704 kb
Compatibilidade:

 

Buy it




The Genie’s Curse é uma interessante reviravolta na miríade de RPGs baseados em Dungeons & Dragons que foram lançados ao longo dos anos, e em muitas formas é único entre eles. Em primeiro lugar, é o único jogo baseado no cenário da campanha Al-Qadim, um mundo de jogo da Segunda Edição baseado em mitologia Árabe, especialmente na das Mil e Uma Noites. Desertos sem fim, tapetes voadores, armas exóticas, torres com topos em forma de lágrima, e claro, génios, são todos elementos importantes do mundo de Al­-Qadim.

O jogo lança-te como o filho mais novo da família Al-Hazrad de Sorcerer’s Isle. Na abertura, encontras-te a terminar o treino para te tornares num Corsário, uma espécie de classe de mercenário/guerreiro. Após passar o teste final, uma área labiríntica que serve como tutorial do jogo, és rapidamente levado de volta à tua cidade natal, onde tens oportunidade de conhecer o resto da tua família e ficar a conhecer uma parte da história de enquadramento. Os Al-Hazrads são uma família nobre e poderosa a quem, há alguns anos atrás (antes do teu nascimento), foi dado um génio por um Sha’ir. Como ainda não tinhas nascido naquela altura não consegues controlar o génio, apenas os teus pais e irmãos o conseguem fazer. A tua família tem como rivais uma outra família nobre do outro lado da cidade, os Wassabs, o que levou o líder da cidade a recear que os teus familiares pudessem utilizar o génio e os seus poderes contra eles, o que poderia ser desastroso para a cidade.

Negoceias tréguas entre os Al-Hazrads e os Wassabs, mas não demora muito até acontecer algo errado: O génio da família é acusado de atacar um Wassab e alega ter sido enviado pelo teu pai. A tua família é presa mas tu és deixado ir em liberdade visto que não o podes controlar. O teu castigo no entanto é seres banido do oásis. Desta forma começa a tua demanda para descobrir o que realmente aconteceu, limpar o nome da tua família e muito possivelmente em grande parte salvar o mundo.

O mais visível neste jogo é o facto de não se jogar como seria de esperar num jogo D&D. Em primeiro lugar não existe personalização da personagem. Tens oportunidade de escolher o primeiro nome do teu herói, mas é só. A sua aparência, classe e estatísticas são todas pré-definidas. Isto deve-se ao facto de o jogo ser mais perto de um RPG de Acção do que os tradicionais D&D. Pensa jogos como Legend of Zelda ou Seiken Densetsu (também conhecido como a série “Something of Mana”) e certamente compreenderás o conceito. Podes controlar a acção utilizando o teclado – o que faz com que seja realmente parecido com jogar Secret of Mana num emulador – ou com o rato, que é um precursor um pouco estranho dos controlos Aurora Engine. Moves o cursor do rato pelo ecrã e clicas com o botão esquerdo para atacar com a arma que se encontra equipada ou para interagir com seja o que for que se encontra à tua frente. Segura o botão direito do rato e a tua personagem irá deslocar-se até ao cursor; mexe-o e ele irá segui-lo. Ambos os métodos de controlo são simples e suaves, apesar de provavelmente mudares entre os dois várias vezes no decorrer o jogo. O controlo do rato é mais útil nas cidades onde vais precisar de andar muito mas nas grutas e áreas de combate, o teclado oferece um controlo mais preciso.

No decorrer do jogo irás obter inúmeras armas diferentes. A tua Cimitarra de confiança estará sempre equipada e pode ser melhorada através do uso de moonstones (que funcionam um pouco como a matéria do Final Fantasy VII). Ao equipá-las os ataques poderão tornar-se mais poderoso, ou novas habilidades adicionadas. Irás também encontrar várias armas secundárias, como por exemplo uma funda (que serve para atirar pedras que perseguem os inimigos), que pode ser invocada através da barra de espaço.

Um facto aborrecido acerca do The Genie’s Curse é que, mesmo quando a personagem se move na diagonal, pode apenas virar-se para quatro lados. Devido à forma como a cimitarra funciona – apenas atingindo algo que se encontra directamente à frente – isto significa que muitas vezes é extremamente complicado encontrar uma boa posição de ataque relativamente ao inimigo. Isto por sua vez leva a que o jogo de vez em quando se torne muito frustrante. Não necessariamente difícil, apenas irritante.

Se te conseguires habituar ao combate esquisito, então The Genie’s Curse é uma aventura muito agradável e um capítulo interessante na evolução das adaptações de D&D.

Parte da série de jogos Dungeons & Dragons

 


Publicidade

Analisado por: BlackMageJawa / Imagens por: BlackMageJawa / Enviado por: Kon-Tiki / Traduzido por: kerzio / share on facebook
 

User Reviews

Se gostaste deste jogo, também vais gostar destes

 
género:
Tabuleiro
tema:
perspectiva:
 
género:
Tabuleiro
tema:
perspectiva:
 
género:
RPG
tema:
Fantasia, Medieval,
perspectiva:
 
género:
Tabuleiro
tema:
perspectiva:


Your Ad Here