Dear Abandonia visitors: We are a small team that runs one of the largest DOS Games websites in the world. We have only 3 members of staff, but serve 450,000 users and have outgoing costs like any other top site for example: our servers, power, rent, programs, and staff. Abandonia is something special. It is a library of old games for you to download. It is like an old gaming arcade with all the old games in their original format. Abandonia is a place where you can find great old games and have fun four hours and years. To protect our independence, we are dependent of our friends using the site. We run on donations averaging around 6 USD (5 Euro). If everyone reading this gave the price of a cup of coffee, our fundraiser would be made easier. If Abandonia is useful to you, take one minute to keep it online for another year. Please help us forget fundraising and get back to Abandonia.

When Abandonia was founded it was to collect and present all old games where the copyright protection had been abandoned, hence the term ’abandonware’ and the site name Abandonia.com. We are still doing our best to keep the site open and free and will appreciate your support to help it stay that way.

‐ Thank you from the Abandonia Team

We are trying to make it easy for people in every country to donate. Please let us know how we could make it easier for you.

Please give whatever you can to help us.

Amount: Currancy:

or
Selecciona o idioma
Portuguese
password:
not a member yet? register here! forgot your password? reset here!

Download Ancient Art of War

Ancient Art of War
 
Produtora:
Editora:
Ano:
Palavras-chave:
Tamanho:
259 kb
Compatibilidade:

 

Download




Esquece os "shoot' em up" - tu sabes quais são, aqueles de "tiro neles" - pois The Ancient Art of War é de pura estratégia. A tua tarefa é a de assumir a posição de um comandante no campo de batalha e assegurares-te de que segues o caminho para a vitória. Em vez de uma história linear única ou uma campanha para seguir, The Ancient Art of War dá-te uma lista de batalhas para escolheres. Cada uma delas é muito única. Uma vez no campo de batalha, a tua tarefa será reunir as condições necessárias para a vitória. Isto muito raramente é totalmente resolvido pela guerra. O terreno, a composição das unidades, a formação mais correcta e o planeamento serão garantias de vitória. Quando a batalha estiver terminada, ser-te-ão apresentadas estatísticas dos elementos capturados, mortos, etc., e o nível termina.

Antes da Batalha
A tua primeira tarefa como comandante, é a preparação. O teu exército consiste em quatro tipos de soldados: arqueiros, bárbaros, cavaleiros e espiões. Os espiões movem-se muito rapidamente e têm um grande campo de visão, mas são inúteis no meio de uma batalha. Os bárbaros movem-se depressa e fazem uso da luta corpo a corpo, os cavaleiros deslocam-se mais devagar mas têm um ataque mais forte e os arqueiros são muito lentos mas atacam à distância. Num mundo ideal, terias uma mistura de todas estas unidades. Bárbaros para atacarem os arqueiros, cavaleiros para atacarem os bárbaros, arqueiros bem colocados para matarem ambos, arqueiros mal colocados são facilmente abatidos. A colocação das unidades é a palavra-chave.

Existem nove formações pré-definidas. Elas variam entre tropas dispersas aleatoriamente pelo campo de batalha, a linhas, quadrados e por aí adiante. Cada formação beneficia um certo conjunto de tropas. Tal como uma formação de ataque standard é adequada para situações ideais, precisarás de formações que compensem a falta de arqueiros, bárbaros ou cavaleiros. Se tiveres apenas um espião, coloca-o numa posição da qual ele consiga facilmente bater em retirada. Os bárbaros são os que se saem melhor na frente de batalha. Os arqueiros se tiverem outras unidades à sua frente, não conseguirão disparar contra o inimigo. Em adição a estas formações pré-definidas, há também uma função de "Train Formations" (treinar formações) no menu "Make Changes". Eu recomendo o uso desta função quando já te tiveres familiarizado com o funcionamento do jogo. Neste ecrã, treinarás os teus soldados na posição em que se devem de colocar para atacar e como devem atacar. Terás de "apagar" uma formação pré-definida para poderes gravar a tua nova formação.
Uma vez que entre em guerra, escolhes a tua missão. Cada missão tem muitas variáveis tais como, o facto de haverem povoações que fornecerão comida para o teu exército e o perigo da água ou das montanhas. Estas variáveis são definidas pelo criador da missão e se as modificares estarás a modificar a dificuldade das missões.
Uma vez que tenhas escolhido a tua missão, podes seleccionar o comandante das forças opositoras. Cada missão tem um comandante pré-definido, mas mais uma vez o grau de dificuldade pode ser alterado dependendo de quem escolhes para comandar os opositores. Cada comandante usa as suas próprias tácticas o que muda completamente o modo como cada missão é jogada.

Durante a Batalha
Existem duas condições principais para obter a vitória: chacinar o inimigo e capturar a sua bandeira.

No ecrã do campo de batalha, tu podes controlar os movimentos das tuas tropas, ver o seu estado e agrupá-los. Podem existir no máximo 14 homens num grupo. Se fizeres deslocar os teus homens rapidamente, a comida deles esgota-se rapidamente e portanto a sua condição física começa a degradar-se. Uma vez que a sua condição física decresça eles começam a deslocar-se mais lentamente e lutarão com menos vigor. As povoações e fortalezas são fontes de comida.

Dependendo das missões, terás de defender, atacar, correr ou deslocares-te sem ser notado, para o campo de batalha. A configuração do terreno contribui com uma parte importante no jogo. As florestas atrasam os movimentos, mas providenciam camuflagem. As fortalezas permitem uma melhor defesa e podem treinar novos soldados. As povoações abastecem-te de provisões. Terás de manter soldados em posições estratégicas, tal como nas bandeiras, para te assegurares que elas não são capturadas. Depois, terás de promover a rotação dos teus soldados, pois os soldados quando ficam parados vão consumindo comida, e quando a comida acaba, vão passar fome.

Com a vista ampliada (zoom), terás a percepção de mais pormenores das batalhas. Controlas sobretudo esquadras, em vez de indivíduos isolados. Se enviares todas as tuas tropas para um ataque frontal, eles serão derrotados. Mais uma vez, uma estratégia cuidadosa e planeada é fundamental.

Aspectos Técnicos
O som é pobre e os gráficos são médios. Do jogo parecem sair sons apenas pelo PC Speaker, que são simplesmente irritantes. Eu acho que o menu e i ecrã inicial são excelentes, mas os gráficos durante o jogo são de certo modo irritantes. Especialmente na vista do campo da batalha, os soldados parecem "pauzinhos" andantes sobre uma superfície plana. Embora os gráficos pudessem ser muito piores considerando que este jogo é daqueles que vem ainda da década de oitenta, mais propriamente de 1984, seria muito mais agradável ver umas texturas no cenário.

O interface não é difícil de compreender, mas pode ser irritante às vezes. O rato não é suportado, apenas o teclado e o joystick (e eu não o testei com joystick). Tu seleccionas as tuas esquadras com as teclas de cursor (teclas das setas) e carregando na tecla que corresponde à primeira letra dos comandos que aparecem. Um problema: ambos, o cursor e as tuas tropas estarão representados a branco.

Principais Falhas
A este jogo falta um pouco de profundidade. Tudo o que podes fazer é disputar batalhas. Não há civis, diplomacia, partes neutras, economia, edifícios. Os aspectos relacionados com a guerra são excelentes, mas os seus criadores não adicionaram nada de extra. Uma outra coisa, é por causa de cada batalha ter a sua própria história, não existe nenhum elo de ligação entre elas. Ao contrário de um RPG, onde podes seguir uma história com um personagem, ganhar níveis e avançado, este jogo não tem muito disso. É mais do género: "arranca", "pára", "arranca", "pára".

Pontos Fortes
Alguns níveis são muito difíceis, e vão obrigar-te a pensar. Eu gosto disso num jogo. Os níveis são muito bem planeados, e nunca há um caminho directo para a vitória. Este jogo foi desenhado para ser um jogo de estratégia, onde comandas um exército em batalha. E faz isso muito bem.

Conclusão
Eu realmente gostei deste jogo, mas fique desapontado com os aspectos técnicos e com as falhas mencionadas acima. Este jogo valerá na verdade 5 ponto no máximo de 5 para alguns jogadores, enquanto que para outros não valerá mais que 1. Irás achar este jogo mesmo aborrecido se do que realmente gostas é de acção, e intrigante se gostares de estratégia.


Publicidade

Analisado por: ultranewbie / Imagens por: ultranewbie / Enviado por: ultranewbie / Traduzido por: Shrek / share on facebook
 

User Reviews

Se gostaste deste jogo, também vais gostar destes

 
género:
tema:
Guerra, História,
perspectiva:
De Cima para Baixo,
 
género:
Estratégia
tema:
Fantasia, Medieval,
perspectiva:
 
género:
Estratégia
tema:
História, Medieval,
perspectiva:
Isométrico,
 
género:
Acção
tema:
História, Medieval,
perspectiva:
 
género:
Estratégia
tema:
Guerra, História,
perspectiva:
 
género:
Tabuleiro
tema:
perspectiva:
LeoVegas Mobil Casino


Your Ad Here